Discussão:Mário de Sá-Carneiro

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

Untitled[editar código-fonte]

Ideias que poderao ser acrescentadas: - Na biografia acho que falta o tiro na cabeca que o tomas cabreira (talvez o melhor amigo dele na altura) deu no recreio do liceu em frente a toda a gente! Para mim, eh o inicio do fim para o poeta! - A referencia ao grupo dos poetas vivos portugueses de que Jose Regio fala: Espanca, Botto e Sa-Carneiro. - O seu bau que estava no hotel de nice foi perdido! As cartas do Pessoa para ele e provavelmente alguns poemas dele foram perdidos. Passado algum tempo da morte, quando o José de Araújo foi la buscar o bau ao hotel ja la nao estava.

Duvidas: - Vejo a expressao "certo narcisismo" como um eufemismo. A natureza narcisica em SC eh considerada enorme (o famoso beijo no espelho). Para nao falar da popular questao da sua homosexualidade. Refira-se por exemplo a Marta que afinal eh so Ricardo na Confissao de Lucio. - Acho que o facto da Helene ser uma prostituta nao eh dado adquirido. Fontes? (:|)

Luis Ramos (luisramos0 em gmail ponto com)

Esquizofrenia?

Nunca percebi nem nunca me explicaram qual a razão/motivo/causa de tanto desespero, angústia, frustação, desassossego, perturbação em MSC que o levou ao suicídio. Este artigo aponta algumas razões: ser orfão de mãe e o suicídio do seu melhor amigo. Na minha humilde opinião, acho que a instabilidade política e social do início do séc. XX (I República Portuguesa, I GM) também possam ter contribuído para o desequilíbrio mental de MSC, tornando o Mundo mais negro e acelerando o seu desejo de morte.

MSC seria esquizofrénico? Encontrei este artigo médico muito interessante que aponta para esse diagnóstico pela análise da obra de MSC e pelo relato do Dr. Egas Moniz com quem MSC consultou como Neurologista: linK - [1].

Que tal? Alguma opinião?