Discussão:Piano

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

Alteração de numeração de notas[editar código-fonte]

Alteração quanto a primeira nota do piano e a ultima. Não se deve misturar cifra americana com numeração lusófona quanto a escala geral. ex dó médio ou é do3 ou c4 mas jamais do4 ou c3.

Teoria da Musica - Buhumil Med - 4a edição - pg. 266

Curso Completo de Teoria Musical e Solfejo - pg. 163

Escola Preparatória de Piano - Ferdinand Beyer pg. 7


Na forma lusofana, Dó médio recebe numeração 3, porém não há numeração 0 como na científica, por isso a numeração da nota mais grave tem 2 unidades de difereça em relação a cientifica, enquanto a mais aguda apenas uma unidade de diferença.


Revisar a maneira como o piano foi classificado! O texto deve ser imparcial!!![editar código-fonte]

A classificação de piano como instrumento de "percussão" é uma classificação superficial é importante constar que o piano é totalmente absolutamente considerado um instrumento de cordas devido à sonoridade do instrumento, que a classificação como instrumento "de teclado" é devido à forma de execução no instrumento e como instrumento ocorre pura e simplesmente pela forma como o as cordas são vibradas (por um martelo). Alguns tradicionalistas consideram o vínculo entre "ato de percutir" e "som percussivo" algo sem lógica, já que os sons percussivos têm como importância principal o ataque dos sons, enquanto que no piano a importância é a sustentação com altura definida das notas...de fato há pianos que foram feitos para ter um ataque mais importante que a sustentação (é o que originou o "percussive piano" do MIDI), mas isso é um caso particular..."órgão percussivo" também existe e nem por isso ele é um instrumento de percussão, e também sabemos tradicionalmente que o piano surgiu do cravo, sendo antigamente chamado de "cravo com piano e forte", que é nitidamente um instrumento de cordas...

Não se deve abandonar a visão tradicional, já que a justificativa da mesma é inclusive mais lógica (sonora/fisico-ondulatória e histórica) que a outra (físico-visual)...

Há um livro que explica o que caracteriza um som como sendo percussivo, deduzindo matematicamente as formas de onda dos instrumentos. Notavelmente esse livro ("Music, A Mathematical Approach" pelo que lembro) utiliza a decomposição sonora para mostrar a sustentação das notas de um dado instrumento, mostrando que instrumentos de corda tem vibração que não condiz com a de instrumentos de percussão...

A maneira como o texto expôs a explicação da classificação do instrumento no artigo foi extremamente parcial e deveria ser reconsiderada...a classificação como cordofone, idiofone, eletrofone, etc. é moderna e se baseia na forma de reprodução do som, não no som realmente obtido. O texto do livro acima apresentado mostra por que os idiofones são típicos instrumentos de percussão...

Parte fora de escopo e sem fonte[editar código-fonte]

"Os afinadores de piano não afinam; desafinam (temperam) de uma maneira controlada"

A fonte dessa frase é essencial para alguém ler e acreditar em algo assim...

Escala natural VS Escala temperada é um tópico à parte que não deve estar no artigo sobre o piano ( imagine se o artigo do cravo, do teclado, do violino, do ... também "copiarem e colarem" algo assim...perde a manutenibilidade do texto e foge de escopo demais!)

Adicionalmente, o ato e afinar um instrumento não significa que seja na escala natural, a afinação logaritmica/exponencial formada pela escala temperada também é uma afinação, assim como um instrumento afinado na escala pentatônica também está afinado!

Legato não é no pedal, é no dedo![editar código-fonte]

Afirmação errônea: "Os pianos têm geralmente dois ou três pedais, sendo sempre o da direita o que permite que as cordas vibrem livremente, dando uma sensação de prolongamento do som. Permite executar uma técnica designada legato"

Não é o pedal de sustenção que faz o legato. O legato é feito nos dedos. O pedal pode ajudar na ilusão de um legato, mas vc pode tocar staccato, pressionando o pedal, e vai soar staccato (pois legato e staccato são o conjunto de duas coisas: duração da nota + ataque. O ataque de um legato é percussivo. Mesmo com pedal, não vai soar legato).

Numeração de oitavas estão erradas[editar código-fonte]

A denominação das notas do piano, a mais grave e a mais aguda, está errada. Existe mais de um sistema de numeração de oitava e C7 não é o mesmo que Do7, as letras a,b,c,d,e,f, g são usadas para o sistema científico ou americano que se usa nos EUA; já as sílabas do, re, mi etc. são usados para outro sistema. No sistema científico é admitido numeros positivos, negativos e o zero, no outro sistema há positivos, negativos, porém não há zero. No sistema científico o do central é C4 já o outro sistema é do3

portanto seria:

  • 88 teclas
    • sistema usado no Brasil e Portugal: la-2 e do7
    • sistema americano ou científico: A0 e C8
  • 84 teclas
    • sistema usado no Brasil e Portugal: la-2 e la6
    • sistema americano ou científico: A0 e A7

Sugiro então que utilize o sistema que é usado em Portugal e Brasil, e entre parenteses o americano, por este ser amplamente utilizado, visto em diversos locais e ser consideravelmente importante conhecê-lo.