Doença de Castleman

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.

doença de castleman é uma rara doença linfoproliferativa que pode envolver alguns linfonodos locais ou ser sistemica A doença de Castleman é uma doença rara dos gânglios e tecidos linfáticos. Foi descrita pela primeira vez pelo Dr. Benjamin Castleman, em 1956. É também conhecida como hiperplasia linfonodal gigante e hiperplasia linfonodal angiofolicular.a doença de castleman

é uma desordem rara, geralmente benigna, não é propriamente dita um câncer, mas se comporta como um linfoma, em sua forma multicêntrica a doença de Castleman é muitas vezes chamada de doença linfoproliferativa. Isto significa que existe um crescimento anormal de células do sistema linfático, similar em muitos aspectos aos linfomas. A doença de Castleman pode provocar diversos tipos de sintomas, mas algumas pessoas não apresentam nenhum. Se os sintomas ocorrem, eles são geralmente como aqueles vistos em outras doenças, como infecções, doenças autoimunes ou mesmo alguns tipos de câncer. Por isso, inicialmente os médicos não suspeitam de doença de Castleman.

Sintomas Comuns da Doença de Castleman Localizada

A forma localizada da doença de Castleman geralmente começa como um linfonodo aumentado. Se o linfonodo aumentado está próximo à pele, como na região da do pescoço ou axila, pode ser visto ou sentido, mas se for em planos profundos do tórax ou abdome pode não ser notado até se tornar grande o suficiente para causar outros sintomas:

  • Um linfonodo aumentado no tórax pode pressionar a traqueia e brônquios, levando a problemas respiratórios ou tosse.
  • Um linfonodo aumentado no abdome pode causar problemas digestivos, dor ou apenas sensação de saciedade.Em geral, a maioria dos pacientes com doença de Castleman localizada se sentem bem, embora alguns possam apresentar outros sintomas.

Sintomas Comuns da Doença de Castleman Multicêntrica

Os pacientes com doença de Castleman multicêntrica apresentam mais de um local com linfonodos aumentados. Os linfonodos envolvidos podem estar localizados no tórax ou abdome, mas a doença de Castleman multicêntrica frequentemente afeta os gânglios linfáticos da virilha, axilas e pescoço, e muitas vezes podem ser vistos ou apalpados como nódulos sob a pele.

A doença de Castleman multicêntrica pode também afetar o tecido linfoide de órgãos internos, provocando aumento no fígado, baço ou de outros órgãos.

Além disso, os pacientes com qualquer tipo de doença de Castleman podem apresentar outros sintomas. Mas, eles ocorrem com mais frequência em pacientes com a forma multicêntrica do que localizada:

  • Febre.
  • Sudorese noturna.
  • Perda de peso.
  • Perda de apetite.
  • Fraqueza.
  • Fadiga.
  • Falta de ar.
  • Náuseas e vômitos.
  • Neuropatia.
  • Inchaço das pernas (Edema).
  • Erupções cutâneas.Alguns desses sintomas podem ser de curto prazo.

A amiloidose, uma condição em que proteínas anormais se acumulam nos tecidos do corpo, pode ocorrer na doença de Castleman. Isto pode levar a danos no rim, lesão cardíaca, lesão nervosa e problemas intestinais. Se a doença de Castleman for tratada com sucesso, a amiloidose, muitas vezes melhora ou até mesmo desaparece. A anemia é muito comum na doença de Castleman multicêntrica, podendo levar a problemas como fraqueza e falta de ar

A doença de Castleman é rara e os sintomas acima geralmente são devido a outras causas. Ainda assim, se você apresentar algum desses sintomas e eles não desaparecem dentro de algumas semanas (ou piorarem), consulte um médico para que a causa possa ser diagnosticada e, se necessário, iniciado o tratamento.

Ícone de esboço Este artigo sobre medicina é um esboço relacionado ao Projeto Saúde. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.