Doutor em Medicina

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

Doutor em Medicina (MD) do latim Medicinæ Doctor, ou seja, "Professor de Medicina", é o título de licenciatura para médicos (doutores médicos) outorgado pelas faculdades de medicina. O significado do grau varia entre diferentes países.[1] Nos países que seguem o sistema americano, o MD denota o primeiro grau profissional após concluir uma pós-graduação, concedido depois da formação inicial na faculdade de medicina. Em outros lugares, tais como os países que seguem a tradição do Reino Unido, Doutor em Medicina denota uma pesquisa de doutorado, pós-doutorado, doutor honorário ou clínico avançado que está disponível apenas para aqueles que tenham sido concedido uma primeira qualificação profissional em medicina. Nesses países, o primeiro grau profissional é intitulado de forma diferente, como Bacharel em Medicina, em países seguindo a tradição do Reino Unido.[2]

Estados Unidos e Canadá[editar | editar código-fonte]

Nestes países é um grau profissional (grau de qualificação académica), embora a formação comece após ter obtido pelo menos 90 horas de crédito de trabalho a nível universitário.

Commonwealth[editar | editar código-fonte]

No Reino Unido e Austrália, o grau M.D. é um grau de investigação académica que se assemelha a um doutoramento em outras áreas.

Ver também[editar | editar código-fonte]

  • Eurodoc - Conselho Europeu para Candidatos Doutorais e Jovens Investigadores
  • Médico

Referências

  1. O'Connor, Bridget N. (October 2011). «Perspectives on professional doctorate education in the United States» (pdf). Work Based Learning e-Journal Middlesex University [S.l.] 2 (1). Consultado em 8 April 2015. 
  2. «ECFMG 2008 Information Booklet — Reference Guide for Medical Education Credentials».