Doutrina Schneider

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Question book.svg
Esta página ou secção não cita fontes confiáveis e independentes, o que compromete sua credibilidade (desde março de 2016). Por favor, adicione referências e insira-as corretamente no texto ou no rodapé. Conteúdo sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)

A Doutrina Schneider é o nome atribuído ao princípio de estrito não envolvimento das forças armadas em assuntos políticos, formulada pelo comandante-em-chefe do Exército Chileno René Schneider Chereau.

O princípio teria sido enunciado pela primeira vez numa reunião do Estado Maior do Exército, em 23 de Julho de 1970:

"As forças armadas não são um caminho ao poder político e nem uma alternativa a esse poder. Elas existem para garantir o trabalho regular do sistema político e o uso da força para qualquer finalidade que não para sua defesa constitui alta traição."

Ícone de esboço Este artigo sobre tópicos militares é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.