Draco (género)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa


Como ler uma infocaixa de taxonomiaDraco
Draco taeniopterus Gunther, 1861 from Bulon.jpg
Classificação científica
Reino: Animalia
Filo: Chordata
Subfilo: Vertebrata
Classe: Reptilia
Ordem: Squamata
Subordem: Sauria
Família: Agamidae
Género: Draco
Linnaeus, 1758

Draco é uma género de lagartos da família Agamidae, vulgarmente chamados dragões-voadores, que se distinguem pelas suas membranas em forma de "asa" que lhes permitem planar de árvore em árvore.

Os Draco são arborícolas insectívoros e, embora não sejam capazes de voo auto-propulsionado, conseguem planar distancias até 60 metros, perdendo apenas 10 metros em altura, o que é uma distancia considerável atendendo a que esses lagartos medem cerca de 20 cm[1].

A única ocasião em que um destes lagartos se aventura no chão é quando uma fémea está pronta para por os ovos - ela desce da árvore onde está e faz um ninho cavando um buraco no chão com a cabeça; então põe entre 3 e 5 ovos e volta a encher o buraco. Ela vigia o ninho durante cerca de 24 horas mas depois abandona-o e não tem mais nenhum contacto com as suas crias[1].

Linnaeus atribuiu o nome a este género a partir da palavra latina para os dragões mitológicos.

Espécies[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. a b Piper, Ross (2007). «4 . Getting from A to B: Solutions to the Problem of Movement». Extraordinary Animals: An Encyclopedia of Curious and Unusual Animals (em inglês). [S.l.]: Greenwood Publishing Group. p. 122-124. 298 páginas. ISBN 978-0-313-33922-6  Parâmetro desconhecido |url_seção= ignorado (ajuda)


Outros projetos Wikimedia também contêm material sobre este tema:
Commons Categoria no Commons
Wikispecies Diretório no Wikispecies