Efeito Blazhko

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

O efeito Blazhko é a variação no período e amplitude em estrelas variáveis do tipo RR Lyrae. Foi observado pela primeira vez por Sergey Blazhko em 1907 na estrela RW Dra.[1] As recentes observações da sonda Kepler apanharam a comunidade científica de surpresa.[2] Para além das modulações, as observações também evidenciaram alternâncias de ciclo a ciclo nas curvas de luz.

A física por detrás do efeito Blazhko é ainda um motivo de debate, com três principais hipóteses existentes. Na primeira, referida como modelo de ressonância, a causa da modulação é uma ressonância não-linear entre modo fundamental ou primeiro modo de pulsação de uma estrela e um modo superior.[3][4] Na segunda, conhecida como modelo magnético, é assumido que a variação é causada porque o campo magnético está inclinado em relação ao eixo de rotação, deformando o modo radial principal.[5] O terceiro modelo assume que os ciclos na convecção causam as alternâncias e as modulações.[6]

Referências

  1. Horace A. Smith (2004). RR Lyrae Stars Cambridge University Press [S.l.] p. 103. ISBN 0-521-54817-9. 
  2. R. Szabo et al. , 2010, Monthly Notices of the Royal Astronomical Society, Vol. 409, p. 1244
  3. Z. Kollath, L. Molnar & R. Szabo, 2011, Monthly Notices of the Royal Astronomical Society, Vol 414 p. 1111; (also http://xxx.lanl.gov/abs/1102.0157)
  4. J. R. Buchler & Z. Kollath, 2011, Astrophysical Journal, Vol 731, p. 24 (also http://xxx.lanl.gov/abs/1101.1502)
  5. Katrien Kolenberg (2008). «Explanations for the Blazhko effect in RR Lyrae stars». The Blazhko Project. Consultado em 2008-12-17. 
  6. Stothers, R.B. 2010, Publications of the Astronomical Society of he Pacific Vol. 122, p. 536

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre astronomia é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.