Ejiokô

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
(Redirecionado de Ejioko)
Ir para: navegação, pesquisa
Odu Ejiokô, Merindiloguncandomblé.

Ejiokô é um odu do oráculo de ifá, representado no merindilogun com duas conchas abertas pela natureza e quatorze fechadas. Nesta caída responde Ibeji e Oxalufan, significando casamento, disputa amorosa, inveja, e até mesmo briga com irmãos e familiares para recebimento de herança.


Interpretação do Olhador[editar | editar código-fonte]

Apesar de Ibeji responder nesta caída, é oxala quem comanda (protetor das crianças), por causa da personalidade instável de Ibeji. Quando esse odu cai na caída no jogo do merindilogun, surpresas boas, cartas, dinheiro, lucros em negócios, amores, boas notícias, casamentos, noivado, formatura, convites para festas e fim de sofrimento.

Na caída, fala em mediunidade, representa também ciências Ocultas; nas demais caídas fala de demandas, indecisões, gravidez. Quanto a personalidade das pessoas regidas por esse ODÚ ou sob sua influência, são muito alegres e felizes, possuem muita sorte, porém não chegam a ficar ricos, não são ambiciosos e procuram dividir tudo o que possuem. São muito confiantes, voluntariosos, geniosos, prepotentes, exigentes e tentam sempre impor suas vontades. Dessa maneira adquirem constantemente inimigos declarados e ocultos, pois pessoas desse ODU são muito invejadas e vítimas de inimigos traiçoeiros, acarretando muitas demandas para impedir o completo triunfo das pessoas sob essa influência.

Para que possam ter sucesso deverão aprender a guardar segredo de todas as suas verdadeiras intenções e se algo sair errado, se tornam muito sofridas, quando algo não lhes sai como desejam, e, aí, fazem mexericos e criam grandes confusões, mas como geralmente possuem bom coração, logo se arrependem do que fizeram e procuram contornar a situação criada por eles mesmos e tentam tudo para reconquistar as amizades perdidas. Sofrem muito por doenças, amores não correspondidos, enfim, a personalidade é bem instável.

Tipo de ebó mais comum[editar | editar código-fonte]

Um akunko, duas penas de papagaio do gabão (okodide), dois aros de ferro, dois obis, duas favas de ataré, dendê, mel, otin e pó de efun. Passa-se o akunko no cliente e sacrifica-se para Exu. Arruma-se tudo dentro de um alguidá e deixa-se diante de Exú de um dia para o outro. As penas e os aros de ferro ficam no igba exu, o resto do ebó é despachado num jardim, na entrada da mata ou no lugar indicado pelo jogo. ao voltar do presente, dar bastante ebô nos pés de OSALA com 22 acaçás em cima, jogar OBI ABATA e ao dar ALAFIA, comer um pedacinho e o restante colocar em posição de ALAFIA em cima do ebô.



Wiki letter w.svg Este artigo é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o. Editor: considere marcar com um esboço mais específico.

Referências[editar | editar código-fonte]

Jogo de búzios - Um encontro com o Desconhecido - José Beniste.