Eleições parlamentares em Ruanda em 2008

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Out of date clock icon.svg
Este artigo ou seção pode conter informações desatualizadas.

Se sabe algo sobre o tema abordado, edite a página e inclua informações mais recentes, citando fontes válidas. Utilize o campo de resumo para uma breve explicação das alterações e, se achar necessário, apresente mais detalhes na página de discussão.

As eleições parlamentares de Ruanda em 2008 ocorreram nos dias 15, 16, 17 e 18 de setembro. Para avaliar a validade do processo, a União Europeia mandou uma missão diplomática de observação para a contagem dos votos.[1] Essas eleições não contaram com a presença de partidos de oposição, o que ajudou a garantir a vitória do partido governista.

Resultados[editar | editar código-fonte]

Apesar de os resultados das eleições ainda não serem definitivos, a Frente Patriótica Ruandesa (FPR) conseguiu manter-se no poder com pelo menos 42 assentos, dos 53 já disputados, isto quando faltam ainda distribuir mais 27 lugares.[2]

Maioria feminina[editar | editar código-fonte]

A União Interparlamentar "aplaudiu o Parlamento feminino de Ruanda". O fato se deve à vitória das mulheres em 55% das vagas, sendo o primeiro país no mundo a alcançar tal fato.[3]

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

Ícone de esboço Este artigo sobre o Ruanda é um esboço relacionado ao Projeto África. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.