Elly Yunara

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Elly Yunara
Yunara em Tjioeng Wanara (1941)
Nascimento 3 de novembro de 1923
Singapura
Nacionalidade indonésio
Morte 30 de maio de 1992 (68 anos)
Ocupação Atriz e produtora
Cônjuge Djamaluddin Malik

Elly Yunara (3 de novembro de 1923Jacarta, 30 de maio de 1992) foi uma atriz e produtora indonésia, a qual se tornou conhecida por inúmeros trabalhos no cinema da Indonésia, como em Tjioeng Wanara e Malin Kundang. Ela também era casada com o produtor de cinema Djamaluddin Malik.[1]

Biografia[editar | editar código-fonte]

Yunara nasceu em Singapura em 3 de novembro de 1923, mas se mudou para as Índias Orientais Holandesas, onde concluiu o Ensino Fundamental no final da década de 1930 pelo Colégio Hollandsch-Inlandsche.[2] Em 1940, atuou em seu filme de estreia Pah Wongso Pendekar Boediman, dirigido e produzido pela estrela de cinema Jo Eng Sek. Nessa obra cinematográfica, interpretou Siti, par romântico da protagonista, interpretada por Mohamad Arief. Pela mesma empresa de produção desse filme, continuou com o contrato até 1942. Nesse período, participou de Tjioeng Wanara (baseada numa lenda sudanesa), Lintah Darat e Ajah Berdosa.[3]

Em 1942, uniu-se à Tan's Film e atuou na obra de Tan Khoen Yauw, Aladin dengan Lampu Wasiat (Aladdin e a Lâmpada Mágica).[1] No entanto, em razão da ocupação japonesa da Indonésia, a produção foi interrompida e o filme só foi lançado em 1950 com a Revolução Nacional. Nos oito anos de pausa, a atriz se dedicou às peças teatrais e se casou com o produtor Djamaluddin Malik. Em 1950, seu marido fundou a Persari, empresa na qual Yunara participou de duas obras: Si Mientje (1951) e Siapa Ajahku (1952).[4]

Malik morreu em 8 de junho de 1970, e a viúva logo estabeleceu sua própria empresa, Remaja Ellyanda. Iniciou, portanto, a carreira de produtora com o filme Malin Kundang, baseado em um conto popular malaio, que foi protagonizado por Rano Karno e Putu Wijaya. Em 1974, recebeu uma condecoração do governo municipal de Jacarta por suas contribuições cinematográficas. Morreu na capital da Indonésia em 30 de maio de 1992, com 68 anos.[5]

Referências

  1. a b «Aladin dengan Lampoe Wasiat». filmindonesia.or.id (em indonésio). Jakarta: Konfiden Foundation. Consultado em 27 de julho de 2012. Cópia arquivada em 27 de julho de 2012 
  2. «Kredit Lengkap» [Full Credits]. Filmindonesia.or.id (em Indonesian). Konfidan Foundation. Consultado em 10 de agosto de 2012. Cópia arquivada em 10 de agosto de 2012 
  3. Biran, Misbach Yusa, ed. (1979). Apa Siapa Orang Film Indonesia 1926–1978 [What and Who: Film Figures in Indonesia, 1926–1978] (em Indonesian). [S.l.]: Sinematek Indonesia. OCLC 6655859 
  4. Anwar, Rosihan, ed. (2002). In Memoriam: Mengenang yang Wafat [In Memoriam: Remembering Those Who Have Died] (em Indonesian). Jakarta: Kompas. ISBN 978-979-709-029-6 
  5. Biran, Misbach Yusa (2009). Sejarah Film 1900–1950: Bikin Film di Jawa [History of Film 1900–1950: Making Films in Java] (em indonésio). Jakarta: Komunitas Bamboo working with the Jakarta Art Council. ISBN 978-979-3731-58-2 

Bibliografia[editar | editar código-fonte]

  • K. H., Ramadhan; Budiarto, Nina Pane. Pengusaha, Politikus, Pelopor Industri Film Djamaludin Malikano=2006. Jacarta: Kata. ISBN 978-979-1056-02-1 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]