Escrita bassa vah

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Escrita Bassa vah
Falado em: Libéria
Total de falantes:
Família:
 Escrita Bassa vah
Códigos de língua
ISO 639-1: --
ISO 639-2: ---
Alfabeto Bassa vah

A escrita Bassa, chamada Bassa vah ou simplesmente simply vah (throwing a sign em língua bassa) é um alfabeto criado para o idioma Bassa da Libéria. Foi popularizado pelo Dr. Thomas Flo Lewis, que incentivou a publicação de limitado material impresso entre 1900 e os anos 1930, a grande maioria nos anos 10 e 10. Acredita-se que alguns dos símbolos sejam baseados em pictogramas Bassa revelados por um ex-escravo.

Não fica claro que tenha relações com outras escritas da região, mas tipos forma fundidos para imprimir textos da mesma. Uma associação para promover a escrita Bassa Vah foi criada na Libéria em 1959, mas hoje esa escrita já está em completo desuso.[1] Sua criação difere muito do modo como foram criadas escritas por missionários europeus.

O Vahé um alfabeto completo, com 23 consoantes, 7 vogais, 5 diacríticos para tons, os quais ficam “dentro” das vogais. Apresenta também marcas para vírgula e ponto final.

Notas[editar | editar código-fonte]

  1. Unseth, Peter. 2011. Invention of Scripts in West Africa for Ethnic Revitalization. In The Success-Failure Continuum in Language and Ethnic Identity Efforts, ed. by Joshua A. Fishman and Ofelia García, pp. 23-32. New York: Oxford University Press.

Bibliografia[editar | editar código-fonte]

  • Coulmas (1999) The Blackwell Encyclopedia of Writing Systems

Ligações externas[editar | editar código-fonte]