Eugène Terre'Blanche

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Eugène Ney Terre'Blanche
Eugène Ney Terre'Blanche
Nascimento 31 de janeiro de 1941
Ventersdorp
Morte 3 de abril de 2010 (69 anos)
Ventersdorp
Ocupação Líder do Movimento de Resistência Africâner

Eugène Ney Terre'Blanche (31 de janeiro de 1941 - 3 de abril de 2010) foi um bôer fundador do Movimento de Resistência Africâner (Afrikaner Weerstandsbeweging - AWB) e adepto do apartheid, pregando o separatismo a fim de se criar uma "pátria de brancos". Foi assassinado em sua fazenda após uma briga com dois empregados.[1]

O presidente da África do Sul Jacob Zuma classificou esse assassinato como um "ato terrível" e pediu calma para que isso não fosse aproveitado para incitar o ódio racial. Os suspeitos têm, respectivamente, 16 e 21 anos de idade.[2]

Biografia[editar | editar código-fonte]

Terre'Blanche fundou nos fundos de uma garagem em 1973 o AWB, que possuía soldados paramilitares durante a época do apartheid. Foi lutador para manter o regime estabelecido pelo apartheid a partir dos anos 90. Ficou afastado do movimento africâner durante algum tempo e o AWB foi reativado em 2008.[3]

Referências

Ícone de esboço Este artigo sobre uma pessoa é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.