Evangelho de Tréveris

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Fachada da Catedral de São Pedro, em Tréveris, na Alemanha

O Evangelho de Tréveris, ou Evangelho de Tréveris, é um manuscrito iluminado contendo os Evangelhos. Provavelmente fora produzido pelo scriptorium da Abadia de Echternach, território atual de Luxemburgo, na primeira metade do século VIII. É copiado e decorado por artistas diretamente influenciados pela iluminação insular. Atualmente está preservado na biblioteca da Catedral de São Pedro, em Tréveris, na Alemanha.

História[editar | editar código-fonte]

Em um primeiro momento, acreditou-se que o livro havia sido manuscrito em Tréveris. Porém, a partir da análise de outros manuscritos e sua posterior comparação, passou-se a acreditar que tenha sido produzido na Abadia de Echternach, uma abadia fundada em 698 por Vilibrordo da Nortúmbria, provavelmente por um grupo de escribas.[1] O cólofon do manuscrito indica que foi escrito em grande parte por um monge chamado Thomas, que recebeu ajuda de um amanuense anônimo, de cultura merovíngia.[2]

Referências

  1. Netzer 1994, pp. 48.
  2. Nordenfalk 1977, p. 88.

Referências[editar | editar código-fonte]

  • Netzer, Nancy (1994). «Cultural Interplay in the Eighth Century: The Trier Gospels and the Making of a Scriptorium at Echternach». Cambridge studies in palaeography and codicology. (3) 
  • Nordenfalk, Carl (1977). «Manuscrits Irlandais et Anglo-Saxons: L'enluminure dans les îles Britanniques de 600 à 800». Paris: éditions du Chêne. 
Wiki letter w.svg Este artigo é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o. Editor: considere marcar com um esboço mais específico.
Translation arrow.svg
Este artigo resulta, no todo ou em parte, de uma tradução do artigo «Évangéliaire de Trèves» na Wikipédia em francês, na versão original. Você pode incluir conceitos culturais lusófonos de fontes em português com referências e inseri-las corretamente no texto ou no rodapé. Também pode continuar traduzindo ou colaborar em outras traduções. (Data da tradução: 2 de stembro de 2018)Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)