Faerno

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Ícone de esboço Este artigo sobre uma pessoa é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.
Gravura de Thomas Augustinus Vairani do busto de Gabriele Faerno no Museu Capitolino, 1772

Gabriele Faerno, também conhecido pelo nome latino Faernus Cremonensis, nasceu em Cremona em cerca de 1510 e morreu em Roma em 17 de novembro 1561. Foi um meticuloso erudito e elegante poeta latino mais conhecido por sua coletânea de Fábulas de Esopo em versos latinos, traduzida para o francês por Charles Perrault.[1]

Obras[editar | editar código-fonte]

  • Fabulae centum, ex antiquis auctoribus delectae et a Gabriele Faerno, cremonensi carminibus explicatae, Romae, Vincentius Luchinus, excudebat 1564, in-4° disponível em Gallica.
  • P. Terentii comoediae. Ex uetustissimis libris & uersuum ratione a Gabriele Faerno emendatae. In eas comoedias emendationum libri VI. Item de uersibus comiici liber I. Fragmentum Eographii interpretis in easdem fabulas, Florentiae, apud Iuntas [Impressum Florentiæ, apud heredes Bernardi Iuntæ], 1565, in-8°.

Referências

  1. Dados extraídos dos verbetes inglês e francês da Wikipedia.