Falange Espanhola

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
(Redirecionado de Falangista)
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Question book.svg
Esta página ou secção não cita fontes confiáveis e independentes, o que compromete sua credibilidade (desde abril de 2018). Por favor, adicione referências e insira-as corretamente no texto ou no rodapé. Conteúdo sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Falange Espanhola Tradicionalista e das Juntas de Ofensiva Nacional Sindicalista
Falange Española Tradicionalista y de las Juntas de Ofensiva Nacional Sindicalista (FET y de las JONS)
Líder Francisco Franco
Secretário-geral Raimundo Fernández-Cuesta (primeiro)
Ignacio García López (último)
Fundador Francisco Franco
Fundação 19 de abril de 1937
Dissolução 13 de abril de 1977
Ideologia Falangismo
Franquismo
Espetro político Extrema-Direita
Religião Catolicismo romano
Ala jovem Frente de Juventudes
Fusão FE
JONS
País Flag of Spain.svg Espanha
Política da Espanha

Partidos políticos

Eleições na Espanha

A Falange Espanhola Tradicionalista e das Juntas de Ofensiva Nacional Sindicalista (em espanhol: Falange Española Tradicionalista y de las Juntas de Ofensiva Nacional Sindicalista), abrev. FET y de las JONS, era o nome do partido único da Espanha franquista criado em 19 de abril de 1937, por iniciativa da liderança do denominado Estado Nacional, por fusão dos distintos partidos e movimentos que apoiavam a insurreição militar (denominada Alzamento Nacional) que iniciou a guerra civil espanhola, e que não desapareceram realmente, mas antes se articularam nas denominadas famílias do franquismo. A FET y de las JONS concebeu-se como o ramo político do denominado Movimiento Nacional, conceito mais amplo que se definia pelo complexo mecanismo totalitário de inspiração fascista e que pretendia ser a única via de participação na vida pública espanhola. O seu discurso político expreasava também a mistura de elementos ideológicos e retóricos fascistas, ultranacionalistas, militaristas, tradicionalistas, conservadores, católicos (ou nacionalcatólicos), monárquicos etc.

O partido foi extinto em 1977, no contexto do processo denominado Transição Espanhola.

Secretários-gerais[editar | editar código-fonte]

Francisco Franco foi o Líder Nacional da FET y de las JONS até à sua morte, em novembro de 1975.
Nome Início Final
Raimundo Fernández-Cuesta
4 de dezembro de 1937 9 de agosto de 1939
Agustín Muñoz Grandes
9 de agosto de 1939 16 de março de 1940
José Luis Arrese
19 de maio de 1941 20 de julho de 1945
Raimundo Fernández-Cuesta
5 de novembro de 1948 15 de fevereiro de 1956
José Luis Arrese
15 de fevereiro de 1956 25 de fevereiro de 1957
José Solís Ruiz
25 de fevereiro de 1957 29 de outubro de 1969
Torcuato Fernández-Miranda
29 de outubro de 1969 3 de janeiro de 1974
José Utrera Molina
3 de janeiro de 1974 11 de março de 1975
Fernando Herrero Tejedor
11 de março de 1975 12 de junho de 1975
José Solís Ruiz
13 de junho de 1975 11 de dezembro de 1975
Adolfo Suárez
12 de dezembro de 1975 6 de julho de 1976
Ignacio García López
7 de julho de 1976 13 de abril de 1977

Ver também[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]