Faseolamina

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

A faseolamina é uma glicoproteína obtida do feijão branco (Phaseolus vulgaris).

Esta tem como função bloquear parcialmente a ação da enzima alfa-amilase, enzima esta sintetizada e liberada pelo pâncreas quando da ingestão de carboidratos. [1]

A faseolamina é uma substância, proveniente do feijão branco, que recentemente vem sendo muito utilizada como auxiliar em processos de emagrecimento.

É uma glicoproteína que inibe a ação da enzima alfa-amilase, responsável por transformar carboidrato (amido) em glicose. Com a inibição dessa enzima, os amidos não são digeridos e são enviados diretamente ao intestino, onde são eliminados através das fezes.

Através desse mecanismo a faseolamina auxilia no emagrecimento e beneficia pessoas diabéticas, pois diminui a quantidade de açúcar no sangue.

Como a Faseolamina funciona[editar | editar código-fonte]

Feijão Branco Faseolamina Ao inibir a digestão do amido, através da ação na enzima alfa-amilase, faz com que esse carboidrato não seja absorvido pelo organismo.

Cerca de 2250 calorias são neutralizadas por apenas um grama de Faseolamina.

A Faseolamina, quando aliada a uma dieta equilibrada e a exercícios físicos regulares, permite o consumo de carboidratos necessários para que o organismo tenha energia, sem aumento de peso, ao mesmo tempo em que elimina as toxinas.

Benefícios da Faseolamina[editar | editar código-fonte]

- Ajuda no combate à diabetes, diminuindo a taxa de açúcar no sangue;

- Inibe a absorção de carboidratos, neutralizando calorias;

- Contém fibras, que melhoram o funcionamento dos intestinos.

Referências


Ícone de esboço Este artigo sobre enzimas é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.