Fauteuil

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Fauteuil de época Luís XVI fabricado por Georges Jacob (1739-1814) para a sala dourada de Maria Antonieta, no palácio de Versailles.

Um fauteuil é uma poltrona de braços com o quadro em madeira exposto, originário de França durante a primeira parte do século XVII.

Os fauteuils são feitos em madeira, frequentemente talhada para ornamentação. O assento, o encosto e os braços são normalmente estofados. Os elementos de madeira podem ser dourados ou pintados. Sendo antepassados dos caquetoire, das cadeiras com braços ou dos faudesteuil renascentistas, foi apenas em 1636 que o termo fauteuil entra no vocabulário em França. Na corte, a escolha dos assentos seguia uma ordem hierárquica: o fauteuil era reservada para o aos seus convidados de prestígio, a cadeira ou tamborete reforçada aos príncipes reais e convidados, o tamborete e a cadeira desdobrável às princesas, duques e pares do reino, a almofada colocada no chão aos membros menores da corte [1].

Galeria de fotografias[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. Madeleine Jarry (1958). C. Massin, ed. Le siège français de Louis XIII à Napoléon. [S.l.: s.n.] p. 29 

Ver também[editar | editar código-fonte]