Fernando Álvares

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Question book.svg
Esta página ou secção não cita fontes confiáveis e independentes, o que compromete sua credibilidade (desde julho de 2009). Por favor, adicione referências e insira-as corretamente no texto ou no rodapé. Conteúdo sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)

D. Fernando Álvares (? - 1371?) foi um bispo de Lisboa (1369-1371).

Tal como o predecessor, achava-se na Cúria Pontíficia em Avinhão, pelo que, sendo Pedro Gomes Barroso transferido para a diocese hispalense, foi D. Fernando de imediato empossado no governo da diocese lisboeta. Julga-se que tenha falecido em 1371, em circunstâncias e lugar desconhecido.

De qualquer forma, presume-se que tenha sido sepultado na Sé de Lisboa, dado que, em 1743, quando D. João V mandou proceder a obras de restauro na Sé de Lisboa, descobriu-se uma lápide, na qual estava patente uma figura em relevo com a mitra e as vestes episcopais, acompanhada por uns dizeres que rezavam o seguinte: Jacet in Domino Reverendus in Christo Pater Dominus Fernandus Episcopus Ulyxbonensis. Visto não ter havido mais nenhum bispo de nome Fernando a reger a diocese lisboeta, supõe-se que esta inscrição diga respeito a D. Fernando Álvares.

Precedido por
Pedro Gomes Barroso
Brasão episcopal
Bispo de Lisboa

1369 - 1371
Sucedido por
Vasco Fernandes de Toledo
Ícone de esboço Este artigo sobre História de Portugal é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.