Vasco Fernandes de Toledo

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Disambig grey.svg Nota: Para outras pessoas com o mesmo nome, veja Vasco Fernandes.
Brasão de Vasco Fernandes de Toledo como Arcebispo Primaz de Braga.

Vasco Fernandes de Toledo (também chamado Brás Fernandes de Toledo) (castelhano: Blasco Fernández de Toledo (também chamado Blas Fernández de Toledo); ? - Braga, 18 de Novembro de 1372) foi um prelado castelhano que veio desterrado, por decisão de Pedro I de Castela, para Portugal.

Foi sucessivamente bispo de Palência (1343-1353), arcebispo de Toledo (1353-1362), administrador apostólico da diocese de Coimbra (1364-1371), bispo de Lisboa (1371) e arcebispo de Braga (1371-1372).

D. Vasco estava em Avinhão, ao serviço da Cúria de Gregório XI, quando este, ao saber da morte do bispo Fernando Álvares, o nomeou bispo de Lisboa; dois meses volvidos, porém, o mesmo pontífice substituiu-o por Agapito Colona à frente dos destinos da diocese de Lisboa, elevando D. Vasco ao governo do arcebispado de Braga, posição em que se manteve até morrer, no ano seguinte.


Precedido por
Pedro IV
Brasão episcopal
Bispo de Palência

1343 - 1353
Sucedido por
Reginaldo de Maubernard
Precedido por
Gonzalo de Aguilar
Brasão episcopal
Arcebispo de Toledo

1353 - 1362
Sucedido por
Gómez Manrique
Precedido por
Pedro Gomes Barroso, o Jovem
Brasão episcopal
Bispo de Coimbra

1364 - 1371
Sucedido por
Pedro Tenorio
Precedido por
Fernando Álvares
Brasão episcopal
Bispo de Lisboa

1371
Sucedido por
Agapito Colona
Precedido por
João de Cardaillac
Brasão arquiepiscopal
Arcebispo Primaz de Braga

1371 - 1372
Sucedido por
Martinho de Zamora
Ícone de esboço Este artigo sobre História de Portugal é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.