Filosofia e literatura

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

A filosofia e a literatura envolve o tratamento literário de filósofos e temas filosóficos (a literatura da filosofia), e com o tratamento filosófico de questões levantadas pela literatura (a filosofia da literatura).[1]

A estória de Abraão e Isaac foi usada pelo Dinamarquês Kierkegaard para ensinar conceitos filosóficos.

A filosofia da literatura[editar | editar código-fonte]

Estritamente falando, a filosofia da literatura é um ramo da estética, o ramo da filosofia que trata da questão, "o que é arte"? Muito da filosofia estética tradicionalmente se concentrou nas artes plásticas ou na música, no entanto, à custa das artes verbais. Na verdade, muita discussão tradicional da filosofia estética busca estabelecer critérios de qualidade artística indiferentes ao assunto que está sendo representado. Uma vez que todas as obras literárias, quase que definidas, contêm conteúdo nocional, as teorias estéticas que dependem de qualidades puramente formais tendem a ignorar a literatura.

A própria existência da narrativa levanta questões filosóficas. Na narrativa, um criador pode encarnar, e os leitores podem ser levados a imaginar, personagens de ficção e até criaturas ou tecnologias fantásticas. A capacidade da mente humana de imaginar, e até mesmo experimentar empatia, esses personagens de ficção revelam coisas sobre a natureza da mente humana. Algumas ficções podem ser pensadas como uma espécie de experiência de pensamento em ética: descreve personagens de ficção, seus motivos, suas ações e as conseqüências de suas ações. É nesta luz que alguns filósofos escolheram várias formas narrativas para ensinar sua filosofia.

Referências[editar | editar código-fonte]

  • O Oxford Companion to Philosophy, Ted Honderich, ed. (Oxford University Press, 1995) ISBN 0-19-866132-0
  • Borges, Jorge Luis, Coletados Ficções, 1998. Traduzido por André Hurley. ISBN 0-14-028680-2.
  • Magee, Bryan, A Filosofia de Schopenhauer (Oxford University Press, edição revista, 1977) ISBN 0-19-823722-7.

Revistas[editar | editar código-fonte]

  • A filosofia e a Literatura, fundada em 1977
  • Zeno, fundada em 1980

Links externos[editar | editar código-fonte]