Franz Reichelt

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Franz Reichelt
Reichelt e sua invenção no dia de sua morte
Nascimento 16 de outubro de 1878
Wegstädtl, Reino da Boêmia
Morte 4 de fevereiro de 1912 (33 anos)
Paris, França
Nacionalidade austríaco
francês

Franz Reichelt (Wegstädtl, 16 de outubro de 1878Paris, 4 de fevereiro de 1912), foi um alfaiate e inventor austríaco naturalizado francês,[1] famoso por ter sua morte acidental registrada em filme.[2]

Filme original da tentativa de Reichelt

Vida, morte e legado[editar | editar código-fonte]

Conhecido como "o alfaiate voador", Franz Reichelt criou um traje para voar ou flutuar levemente até o solo, como o moderno pára-quedas. Para demonstrar sua invenção, ele pulou do primeiro pavimento da Torre Eiffel, na época a estrutura mais alta do mundo, de uma altura de 60 metros. A invenção falhou e Reichelt caiu para sua morte. Registrada pelas câmeras da imprensa reunida, a queda abriu um considerável buraco no solo, mas não foi o que realmente o matou. A autópsia do corpo mostrou que Reichelt sofreu um ataque cardíaco, morrendo antes mesmo de tocar no solo.[3]

A vida do alfaite voador foi contada num curta-metragem de Pablo Lopez Paredes, Le Tailleur Autrichien (O Alfaiate Austríaco), realizado em 1913. Trechos do filme com a morte de Franz Reichelt aparecem ainda no documentário Nós que Aqui Estamos por Vós Esperamos (1998), de Marcelo Masagão.[2]

Referências

  1. «On This Day: Franz Reichelt filmed jumping to his death from Eiffel Tower in first-ever parachute suit test». Yahoo News UK. 3 de fevereiro de 2014. Consultado em 26 de setembro de 2016 
  2. a b Cultural, Instituto Itaú. «Nós que Aqui Estamos por Vós Esperamos». Enciclopédia Itaú Cultural. Consultado em 2 de junho de 2022 
  3. Bazi, Daniela (12 de junho de 2020). «Franz Reichelt: A missão suicida do homem que pulou da Torre Eiffel com asas de seda». Aventuras na História. Consultado em 2 de junho de 2022 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]