Frederico III de Hesse-Cassel

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Broom icon.svg
As referências deste artigo necessitam de formatação (desde maio de 2013).
Por favor, utilize fontes apropriadas contendo referência ao título, autor, data e fonte de publicação do trabalho para que o artigo permaneça verificável no futuro.
Frederico III
Conde de Hesse-Cassel
Friedrich HeKaRump.jpg
Fredeico de Hesse-Cassel
Governo
Consorte Carolina de Nassau-Usingen
Vida
Nascimento 11 de Setembro de 1747
Cassel
Morte 20 de maio de 1837 (89 anos)
Castelo Rumpenheim, Cassel
Filhos Guilherme de Hesse-Cassel
Carlos Frederico de Hesse-Cassel
Frederico Guilherme de Hesse-Cassel
Luís Carlos de Hesse-Cassel
Jorge Carolos de Hesse-Cassel
Luísa Carolina de Hesse-Cassel
Maria de Hesse-Cassel
Augusta de Hesse-Cassel
Pai Frederico II de Hesse-Cassel
Mãe Maria da Grã-Bretanha

Frederico III de Hesse-Cassel (11 de Setembro de 1747 - 20 de Maio de 1837), nasceu como príncipe Frederico de Hesse, foi o membro mais novo da dinastia que governou Hesse-Cassel e um general dinamarquês.[1]

Era o filho mais novo do príncipe-herdeiro Frederico II de Hesse-Cassel (o futuro conde Frederico II) e da princesa Maria da Grã-Bretanha. Foi o último neto sobrevivente do rei Jorge II da Grã-Bretanha, tendo vindo a morrer apenas um mês antes da sua prima em segundo-grau, Vitória, chegar ao trono britânico.

Juventude[editar | editar código-fonte]

O seu pai, na altura príncipe herdeiro (viria a reinar de 1760 até à sua morte em 1785) tinha deixado a família em 1747 e pouco depois converteu-se ao catolicismo e, em 1755, terminou formalmente o seu casamento. O jovem príncipe Frederico, juntamente com os seus dois irmãos mais velhos, ficaram ao cuidado da mãe, a marquesa Maria e passaram a partir de 1747 a ser protegidos pelos seus parentes protestantes e pouco depois mudaram-se para a Dinamarca como convidados da rainha Luísa, sua tia, que entretanto viria a morrer em 1751. Os seus dois irmãos mais velhos casaram-se com princesas dinamarquesas, suas primas directas, em 1763 e 1766 respectivamente. Todos os seus irmãos ficaram na Dinamarca, tornando-se proprietários e funcionários reais importantes. Só o seu irmão mais velho regressou a Cassel em 1785 quando ascendeu ao trono.

Casamento[editar | editar código-fonte]

Casou-se com a princesa Carolina de Nassau-Usingen, uma herdeira notável de uma família que se tinha extinguido pela linha masculina. A sua herança incluía os castelos de Rumpenheim, que se tornaram nas residências da família.

Descendência[editar | editar código-fonte]

Referências

Wiki letter w.svg Este artigo é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o. Editor: considere marcar com um esboço mais específico.