Frederico Kettler

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Frederico Kettler
Duque da Curlândia e Semigália
Duque da Curlândia e Semigália
Reinado 1587-1642
Antecessor(a) Gotardo Kettler
Sucessor(a) Jacob Kettler
Co-monarca Guilherme Kettler (1587–1617)
 
Esposa Isabel Madalena da Pomerânia
Casa Kettler
Nascimento 25 de novembro de 1569
  Mitau, Ducado da Curlândia e Semigália
Morte 17 de agosto de 1642 (72 anos)
  Mitau, Ducado da Curlândia e Semigália
Enterro Palácio de Jelgava, Jelgava, Letônia
Pai Gotardo Kettler
Mãe Ana de Mecklemburgo
Religião Luteranismo

Frederico Kettler (em letão: Frīdrihs Ketlers; Mitau, 25 de novembro de 1569 – Mitau, 17 de agosto de 1642) foi Duque da Curlândia e Semigália junto com seu irmão Guilherme de 1587 até 1617, e depois sozinho de 1617 até sua morte.

Biografia[editar | editar código-fonte]

Ele era o filho de Gotardo Kettler, o primeiro Duque da Curlândia, e sua esposa Ana de Mecklemburgo. Até 1617, Frederico governou a porção oriental de Semigália, enquanto seu irmão Guilherme governava a porção ocidental da Curlândia. Frederico passou a governar todo o ducado de forma unificado após depor e exilar o irmão mais novo, que tinha se envolvido em conflitos com a nobreza local.

Frederico Kettler casou-se com Isabel Madalena da Pomerânia em 1600. Eles não tiveram filhos e o filho de seu irmão Guilherme, Jacob, foi reconhecido como seu herdeiro.

Ele faleceu em 17 de agosto de 1642 em Mitau, aos 72 anos, e foi enterrado na cripta ducal do Palácio de Jelgava.

Bibliografia[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre uma pessoa é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.