Free float

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Question book.svg
Esta página ou secção não cita fontes confiáveis e independentes, o que compromete sua credibilidade (desde julho de 2017). Por favor, adicione referências e insira-as corretamente no texto ou no rodapé. Conteúdo sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)

Free float (flutuação livre, em português) é uma terminologia utilizada no mercado de capitais e se refere às ações que uma empresa destina à livre negociação no mercado.

O free float designa, portanto, as ações que se encontram em circulação, excluindo-se aquelas pertencentes aos controladores e aquelas mantidas na tesouraria da companhia.

No mercado de capitais brasileiro (BMF&Bovespa), as companhias listadas no segmento de Novo Mercado e nos níveis 1 e 2, precisam, obrigatoriamente, apresentar um free float de, no mínino, 25% , ou seja 25% das suas ações devem estar em livre circulação para negociação no mercado.

O principal propósito do free float é a aumentar liquidez das ações, ou seja, aumentar a facilidade para converter tais ações em dinheiro, negociando-as em bolsa de valores.


Ícone de esboço Este artigo sobre economia é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.