Furacão Adrian (2005)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Furacão Adrian
Categoria 1 (EFSS)
O furacão Adrian às 17:15 UTC de 19 de maio de 2005
Formação 17 de maio de 2005
Dissipação 21 de maio de 2005
Vento mais forte (1 min) 70 nós (130 km/h, 81 mph)
Pressão mais baixa 982 hPa (mbar) ou 737 mmHg
Danos Mínimo
Fatalidades 4
Áreas afetadas El Salvador, Honduras, Guatemala e Nicarágua
Parte da
Temporada de furacões no Pacífico de 2005

O Furacão Adrian se formou em 17 de maio de 2005. Foi o primeiro furacão do Pacífico de 2005. Fez muitos estragos em Honduras e ao longo do litoral do Golfo de Fonseca, considerado um depressão tropical em 19 de maio e dissipando em Honduras em 20 de maio.

Considerado de categoria 1 pela Escala de Furacões de Saffir-Simpson com ventos de 120 km/h (75 mph).

Depois do alarme de furacão, em El Salvador começaram as evacuações em instalações públicas, foram evacuadas entre 14.000 e 20.000 pessoas.

Registrados 2 mortes na Guatemala e outra morte em El Salvador.

Ícone de esboço Este artigo sobre ciclones tropicais é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.

Ver também[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]