Gare Marítima da Rocha do Conde de Óbidos

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Gare Marítima da Rocha do Conde de Óbidos
Gare Marítima da Rocha do Conde de Óbidos

A Gare Marítima da Rocha Conde de Óbidos está localizada no Cais da Rocha, Alcântara, Lisboa; é um edifício portuário junto à foz do Rio Tejo.[1]

O projeto de arquitetura é da autoria de Pardal Monteiro e data inicialmente de 1934, altura em que o Estado Novo assumiu uma nova política de obras públicas; no entanto a construção só se foi levada a cabo entre 1945 e 1948.

O edifício tem uma estrutura em betão armado. O primeiro andar está reservado aos passageiros e o piso térreo destina-se aos serviços do cais. A gare é composta por dois corpos: um vestíbulo principal e uma ampla nave. O terraço-varanda prolonga-se na direcção nascente para além dos limites do edifício.

Identicamente à Gare Marítima de Alcântara, também aqui Pardal Monteiro chamou Almada Negreiros para realizar murais decorativos nas paredes do grande vestíbulo. Concebida dentro de uma opção estética modernista, a Gare apresenta fachadas com grandes envidraçados.[1]

Esta Gare foi classificada pela Portaria n.º 740-FC/2012 como Monumento de Interesse Público.[2]

Referências

  1. a b Gare Marítima da Rocha Conde de Óbidos – IGESPAR
  2. Instituto de Gestão do Património Arquitectónico e Arqueológico. «Gare Marítima de Alcântara - detalhe». Consultado em 31 de maio de 2021 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

O Commons possui uma categoria com imagens e outros ficheiros sobre Gare Marítima da Rocha do Conde de Óbidos