Gentileza

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
"Gentileza"
Single de Marisa Monte
do álbum Memórias, Crônicas e Declarações de Amor
Lançamento Brasil 2000
Formato(s) Mídia, CD Single
Gravação 2000
Gênero(s) Pop, MPB
Duração 2:47
Gravadora(s) EMI
Produção Marisa Monte
Cronologia de singles de Marisa Monte
"Não é Fácil"
(2000)
"A Sua"
(2001)

"Gentileza" é uma canção da cantora brasileira Marisa Monte, lançada como single do CD Memórias, Crônicas e Declarações de Amor, suportando a turnê de mesmo nome. A canção foi composta pela própria Marisa, homenageando o Profeta Gentileza, cujas inscrições no Viaduto do Caju, no Rio de Janeiro haviam sofrido vandalismo e estavam ameaçadas pela prefeitura da cidade. Marisa, que sempre gostou de ver as inscrições nas pilastras do mesmo, entrou em contato com uma ONG, que com sua parceria, conseguiu preservá-las.[1]

Foi realizado um videoclipe da canção, mostrando cenas do cotidiano da cidade, incluindo Marisa dentro de um ônibus e o próprio Gentileza, andando pelas ruas do Centro e de frente a uma barca, carregando sua mensagem para o povo. As pilastras com suas inscrições também aparecem. O clipe foi disponibilizado no canal oficial da cantora no YouTube. O mesmo também foi incluído no DVD "Memórias, Crônicas e Declarações de Amor".

De acordo com a própria Marisa,[2]:

Uma vez, estava passando pela área do Cais do Porto aqui no Rio com meu amigo Carlinhos Brown. Como ele não é do Rio, eu quis mostrar pra ele algo especial da minha cidade que eu sabia que ele ia gostar. Foi quando eu procurei nos pilares do Viaduto do Caju, os escritos do Gentileza, figura que me fascinava e que eu conhecia desde a infância. Qual não foi minha decepção quando vi que eles haviam sido apagados pela cia. de limpeza urbana do Rio. Fiquei desolada pensando nos inúmeros significados desse ato numa metrópole como o Rio. O legado do Profeta Gentileza havia desaparecido pra sempre. Na mesma noite, compus "Gentileza". "Apagaram tudo, pintaram tudo de cinza..." Minha voz se uniu a muitas outras e, hoje, graças ao trabalho do Prof. Leonardo Gelman da ONG Rio Com Gentileza, a obra do Profeta está linda, restaurada e faz parte do inventário afetivo da cidade. Quem não for do Rio e vier visitar, não deixe de conhecer. Gentileza gera gentileza.
Marisa Monte (em português)

"Gentileza" foi cantada na tournê dos álbuns Memórias, Crônicas e Declarações de Amor e na atual Verdade, Uma Ilusão.

Faixas[editar | editar código-fonte]

  1. "Gentileza"

Referências