Geografia social

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

Geografia social é o ramo da geografia humana que está mais intimamente relacionado com a teoria social em geral e sociologia em particular, lidando com a relação do fenômeno social e seus componentes espaciais. Embora o termo em si tenha uma tradição que data do início do século 20,[1] não há consenso sobre seu conteúdo explícito.[2] Em 1968, observou-se que "com algumas exceções notáveis, (...) a geografia social pode ser considerada um campo criado e cultivado por um número de estudiosos individuais, em vez de uma tradição acadêmica construída dentro de escolas particulares".[3]

Referências

  1. Dunbar, Gary S. (1977): Some Early Occurrences of the Term "Social Geography". Scottish Geographical Journal 93 (1): 15-20.
  2. Smith, Susan J. et al. (2010): Introduction: Situating Social Geographies. In: Smith, Susan J. et al. (eds.): The Sage Handbook of Social Geographies. London (Sage): 1-39 [5-7].
  3. Buttimer, Anne (1968): Social geography. In: Sills, David (ed.): International Encyclopedia of the Social Sciences. New York (MacMillan): 134-145 [134].