Escola Estadual Professor Botelho Reis

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
(Redirecionado de Ginásio Leopoldinense)
Ir para: navegação, pesquisa
Escola Estadual Professor Botelho Reis
Autor Ormeo Junqueira Botelho
Data da construção 1918
Estilo arquitetônico Neoclássico
Cidade Leopoldina, MG
Tombamento 1996
Órgão IEPHA

A Escola Estadual Professor Botelho Reis, conhecida como Ginásio Leopoldinense, é uma escola brasileira localizada no município de Leopoldina, em Minas Gerais.

O Ginásio Leopoldinense foi fundado em 3 de junho de 1906 pelos irmãos Custódio e José Monteiro Ribeiro Junqueira, com o objetivo de educar os filhos das oligarquias da Zona da Mata Mineira. Após três meses de sua fundação, foi criada a Escola Normal do Ginásio Leopoldinense. Em 1912, o Ginásio passou a oferecer ensino técnico pela Escola Agrícola, em regime de internato, e ensino superior com a Escola de Farmácia e Odontologia, inaugurada em 17 de janeiro. O curso de Odontologia foi suprimido em 1921 e a de Farmácia em 1929. A Escola Agrícola e a Escola Normal também foram desativadas e, em seu lugar, foi criada em 1933 a Escola de Comércio[1].

Em 1955, o Ginásio Leopoldinense passou a chamar-se Colégio Estadual Professor Botelho Reis, em homenagem ao diretor que ficou à frente da instituição de 1910 a 1925[1][2].

Políticos como o advogado Carlos Luz fizeram parte do corpo docente da Escola de Farmácia. Dentre os ex-alunos, alguns tornaram-se figuras de destaque como o governador Milton Campos, o cineasta Humberto Mauro e o escritor português Miguel Torga[1][2].

O edifício foi projetado pelo engenheiro Ormeo Junqueira Botelho em estilo neoclássico e teve sua construção iniciada em 1918 pela ala direita[2]. A ala esquerda começou a ser construída em 1926 e foi concluída em 1933[1]. Em 12 de março de 1996, o edifício foi tombado pelo IEPHA, passando a constar entre os bens culturais do Estado de Minas Gerais[3].

Referências

  1. a b c d NOGUEIRA, Natania Aparecida da Silva. Leopoldina: instrução, mito político e formação de elites na Zona da Mata Mineira (1895-1930). Leopoldina-MG: Ed. do Autor, 2011, 128 p. ISBN 9788591205707
  2. a b c Centro de Referência Virtual do Professor. «Antigo Ginásio de Leopoldina conserva tradição, beleza e 101 anos de história» (PDF). Consultado em 12 de outubro de 2013. 
  3. IEPHA-MG. «Bens protegidos». Consultado em 12 de outubro de 2013.