Gliadina

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

A Gliadina, solúvel em solução alcoólica (etanol 70%),[1] é uma proteína monomérica responsável pela extensibilidade de glúten,[1] ficando dispersa entre a glutenina, desenvolvendo um filme elástico forte envolvendo os grânulos de amido. Possui peso molecular (entre 25000 e 100000 U) por exibir apenas ligações dissulfeto (pontes de sulfeto) intramoleculares, o que resulta no seu baixo poder elástico.[2]

Referências

  1. a b Sociedade Brasileira de Quimica. "Preparação e caracterização de nanopartículas de gliadina obtidas pelo método de dessolvatação" (PDF). Sociedade Brasileira de Química (SBQ). Consult. 1 de Agosto de 2013. 
  2. Gonçalves, Alex Augusto. "Cereais & Farinhas" (PDF). Consult. 1 de Agosto de 2013. 


Ícone de esboço Este artigo sobre proteínas é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.