glob (programação)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

glob é um termo utilizado no contexto de programação de computadores para descrever uma forma de casamento de padrões. Vários interpretadores de comandos, como por exemplo o bash[1] no Unix, implementam a funcionalidade de glob para efetuar busca por arquivos através de scripts ou da linha de comando. Nas primeiras edições do Unix os interpretadores de comando eram incapazes de expandir caracteres curinga de um caminho para um arquivo. Por isso contavam com a ajuda do programa /etc/glob[2] para realizar tal expansão.

Várias linguagens de programação também estão munidas desta funcionalidade, como PHP[3] , Python[4] e Perl.[5]

Sintaxe[editar | editar código-fonte]

Não existe uma sintaxe padrão para realizar glob. O quadro a seguir é um comparativo de sintaxe entre os interpretadores de comandos mais conhecidos:

Função Exemplos Shell do Unix command.com cmd.exe Windows PowerShell SQL
Casar com um caractere desconhecido ?anto casa com santo, tanto ou manto ? ? ? ? _
Casar com qualquer número de caracteres desconhecidos Auto* casa com Automóvel ou com Autonomia * * * * %
Casar um caractere com um grupo de caracteres [ST]anto casa com Santo ou Tanto mas não com Manto [caracteres] N/D N/D [caracteres] N/D
Caractere de escape Auto\* só casará com Auto* \ N/D ^ ` N/D

É importante observar que o caractere * não possui o mesmo significado das expressões regulares, nas quais representa o fecho de Kleene.

Referências

Ícone de esboço Este artigo sobre programação de computadores é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.