Gonçalo Monhóz, conde das Astúrias

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Gonçalo Monhóz
Conde em Astúrias
Nome completo
Gonçalo Monhóz
Nascimento 1010
  Astúrias
Morte 1053 (43 anos)
  Astúrias
Pai Munio Gonzalez
Mãe Trigridia de Ansurez

Gonçalo Monhóz (1010 — c. 1053) foi um nobre astúriano que ostentou o título de tenênte em Astúrias, encontrando-se registado na documentação medieval entre o ano de 1033 e o ano de 1053.[1]

Relações familiares[editar | editar código-fonte]

Foi filho de Munio Gonzalez[2]. (990 - 1047) e de Trigridia de Ansurez (960 -?). Casou com Eylo Munhós, por casamento condessa das Astúrias, de quem teve:

  1. Munio Gonçalves também denominado por Munio Gonzalez (10301097) que foi Conde das Astúrias entre 1030 e 1043 e casado com Maior Rodrigues.


Referências

  1. ACICGH - Actas do 17º Congresso Internacional de Ciências Genealógica e Heráldica, Instituto Português de Heráldica, Lisboa, 1986, Tab.III-pg. 317 Tab.III
  2. A Herança Genética de D. Afonso Henriques, Luiz de Mello Vaz de São Payo, Universidade Moderna, 1ª Edição, Porto, 2002. página 289.
Ícone de esboço Este artigo sobre uma pessoa é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.