Grupo Etnográfico da Areosa

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Emblem-scales.svg
A neutralidade deste artigo ou se(c)ção foi questionada, conforme razões apontadas na página de discussão deste artigo ou se(c)ção.
Question book.svg
Este artigo ou secção não cita fontes confiáveis e independentes (desde agosto de 2014). Ajude a inserir referências.
O conteúdo não verificável pode ser removido.—Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)

O Grupo Etnográfico de Areosa (GEA), fundado no ano de 1966, é uma associação cultural de Viana do Castelo.

Caracterização[editar | editar código-fonte]

O grupo enverga o caracteristico e único traje vermelho de Areosa. O grupo é considerado um dos melhores grupos de folclore nacional, representando dignamente o Alto-Minho e a cidade de Viana do Castelo.

Descrição[editar | editar código-fonte]

O Grupo foi fundado no ano de 1966. É uma associação cultural que preserva e divulga as tradições, usos e costumes do povo da região de Viana, através de um numeroso grupo de jovens que encontra no folclore a expressão actual da forma de viver e sentir das gerações passadas, a força de comunicar os testemunhos de identidade regional, a alegria da fraternidade e solidariedade universais.

É uma Instituição de Utilidade Pública, com sede própria e património avultado.

Quatro décadas de intensa actividade no campo da investigação etnográfica, na animação cultural, na exibição da policromia dos trajes "à Vianesa" e das danças e cantares do povo deste Minho sempre em festa, garantem o ânimo para prosseguir um trabalho de união dos povos e das suas culturas.

O grupo tem sido embaixador da cultura portuguesa em países como Espanha, França, Bélgica, Luxemburgo, Alemanha, Polónia, Hungria, Itália ,Brasil e Venezuela. O grupo serviu de inspiração e modelo para a criação de diversos grupos/ranchos pelo mundo fora em paises como o Brasil, França, Venezuela e Estados Unidos da América.

Eventos[editar | editar código-fonte]

O grupo participa activamente na Romaria de Nossa Senhora de Agonia, que tem o seu dia a 20 de Agosto, por muitos considerada a Romaria das Romarias em Portugal.

Na Quinta do Santoinho, situada em Darque, é grupo residente entre os meses de Maio a Novembro, alternado a sua participação com outros três grupos folcloricos do distrito.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]