Saltar para o conteúdo

Gualtério de Liederkerque

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Gualtério de Liederkerque
Senhor de Corinto
Senhor 1289—?
Nascimento século XIII
  Condado de Flandres
Religião Cristianismo

Gualtério de Liederkerque foi um cavaleiro flamengo (de Liedekerke) que, junto com seu irmão mais velho Engelberto, acompanhou seu tio Florente de Hainaut ao Peloponeso, no sul da Grécia, após a proclamação de Florente como príncipe da Acaia em 1289. Lá, foi nomeado governador de Corinto e sua região circundante (Coríntia).[1]

Gualtério teve uma vida extravagante, que deixou-o com poucos fundos. Num incidente famoso, registrado na Crônica da Moreia, aprisionou um magnata grego chamado Fócio na esperança de forçá-lo a pagar sua liberdade por 10 000 hipérpiros. No final, Fócio assegurou sua liberdade pagando o valor, mas a injustiça não cicatrizou. Pouco depois, em 1295, Fócio encontrou-se com um senhor franco, Guido de Charpigny, e matou-o ao confundi-lo com Gualtério.[2]

Referências

  1. Bon 1969, p. 168.
  2. Bon 1969, p. 168–169, 464.
  • Bon, Antoine (1969). La Morée franque. Recherches historiques, topographiques et archéologiques sur la principauté d’Achaïe. Paris: De Boccard