Guerra Indígena do Noroeste

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Guerra Indígena do Noroeste
Parte das Guerras indígenas
Treaty of Greenville.jpg
Representação do Tratado de Greenville
Data 1785 - 1795
Local Territorios do Noroeste.(EUA)
Desfecho Vitória Americana, tratado de Greenville
Combatentes
US flag 13 stars – Betsy Ross.svg Estados Unidos Confederação indígena Ocidental

Apoio:

Principais líderes
Josiah Harmar
Arthur St.
Clair Anthony Wayne
Blue Jacket
Little Turtle
Buckongahelas
Forças
4 000 2 000
Vítimas
1 221 mortos
458 feridos
+ 1 000 mortos

A Guerra Indígena do Noroeste também conhecida como Guerra da Pequena Tartaruga e por vários outros nomes, foi uma guerra travada entre os Estados Unidos e uma grande confederação de índios para o controle do Território do Noroeste, que terminou com uma vitória dos Estados Unidos na Batalha de Fallen Timbers em 1794. Como resultado da guerra, o território, incluindo grande parte da atual Ohio foi cedida aos Estados Unidos no Tratado de Greenville, em 1795.[1]

Referências

  1. Dowd, Gregory Evans (1992). A Spirited Resistance: The North American Indian Struggle for Unity, 1745-1815 (Baltimore and London: Johns Hopkins University). 
Ícone de esboço Este artigo sobre tópicos militares é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.