Harmónica de vidro

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Uma harmónica de vidro similar à inventada por Benjamin Franklin.

A harmónica de vidro (em Portugal) ou harmônica de vidro (no Brasil) é um instrumento musical, mais precisamente um idiofone friccionado.

A harmónica de vidro é constituída por um conjunto de taças de vidro semi-esféricas, de vários tamanhos, parcialmente inseridas uma dentro da outra por ordem de tamanho, de modo a fazer uma escala diatónica. Essas taças estão montadas num eixo que atravessa o centro dessas mesmas taças, e encontram-se semi-imersas num recipiente com água. Um sistema de pedal aciona o eixo de modo a que as taças girem no eixo. O instrumento é tocado friccionando os dedos em cada uma das taças humedecidas, uma para cada nota.

O desenvolvimento da harmónica de vidro deveu-se sobretudo ao trabalho de Benjamin Franklin em 1761. A ideia surgiu a partir do copofone, que é um conjunto de copos de cristal que é tocado friccionando os bordos com os dedos ligeiramente humedecidos.

Links Externos[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre um Instrumento musical é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.

harmónica de vidro