Histórias de Cronópios e de Famas

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Historias de cronopios y de famas
Histórias de Cronópios e de Famas
Autor(es) Julio Cortázar
Idioma espanhol
País  Argentina
Género romance
Lançamento 1962
Edição portuguesa
Tradução Alfacinha da Silva
Editora Estampa
Lançamento 1973
Edição brasileira
Tradução Glória Rodríguez
Editora Círculo do Livro
Lançamento 1982?

Historias de cronopios y de famas (em português: História de cronópios e de famas) é o sexto livro de Julio Cortázar, escrito em Roma e em Paris, no período de 1952 a 1959, e publicado em 1962, um ano antes de O Jogo da Amarelinha (título no Brasil) ou O jogo do mundo (título em Portugal).

A história do livro dá vida a três tipos de personagens: os cronópios, que são os personagens que não atribuem importância exagerada às coisas; os famas, que são totalmente o contrário dos cronópios; e as esperanças, que são as preguiçosas, desanimadas e sedentárias.