Hitobashira

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Question book.svg
Este artigo ou secção não cita fontes confiáveis e independentes (desde agosto de 2018). Ajude a inserir referências.
O conteúdo não verificável pode ser removido.—Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)

Hitobashira (人柱, pilar humano?) é um tipo sacrifício humano praticado antigamente no Japão, no qual pessoas eram enterradas vivas debaixo ou perto de grandes construções, como diques, pontes e castelos, como uma oração aos deuses para que a construção não fosse destruída por inundações ou ataques inimigos.

Começou-se com os sacrifícios humanos durante a construção dos Kofun (tumbas aristocráticas), e tornaram-se tradição em várias partes do Japão. Atualmente, não se pratica hitobashira na construção, porém, também se chama hitobashira aos trabalhadores soterrados vivos trabalhando em condições sub-humanas.

Ícone de esboço Este artigo sobre História do Japão é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.