Humuleno

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Broom icon.svg
As referências deste artigo necessitam de formatação (desde dezembro de 2014). Por favor, utilize fontes apropriadas contendo referência ao título, autor, data e fonte de publicação do trabalho para que o artigo permaneça verificável no futuro.
Ambox rewrite.svg
Esta página precisa ser reciclada de acordo com o livro de estilo (desde dezembro de 2014).
Sinta-se livre para editá-la para que esta possa atingir um nível de qualidade superior.


Humuleno, também conhecido como α-humuleno or α-cariofileno, é um sesquiterpeno monociclico (C15H24) que ocorre naturalmente no óleo essencial do lúpulo (Humulus lupulus) de onde retira seu nome. Trata-se de um componente com grande potencial anti-inflamatório por ser capaz de inibir enzimas que atuam no processo inflamatório. E responsável por grande parte do sabor e aroma da cerveja.[1]

O humuleno ao se oxidar degrada numa variedade de componentes que sobrevivem até a cerveja final. Esses produtos incluem: epóxidos de humuleno (I, II e III), diepóxidos de humuleno (A, B e C), humulenol II, humulol e humuladienona. Esses produtos de degradação formam naturalmente com o tempo em lúpulos armazenados e em maior velocidade quando aquecidos. Eles contribuem para sabores e aromas que são descritos como herbais e picantes.[2]

Referências

  1. SILVA, Saulo Luis da; FIGUEIREDO, Patrícia Maria and YANO, Tomomasa. Avaliação citotóxica do óleo volátil extraído das folhas do Zanthoxylum rhoifolium Lam.. Acta Amaz. [online]. 2007, vol.37, n.2, pp.281-286. ISSN 0044-5967. [[1]
  2. Da natureza para a farmácia Antiinflamatório feito com extrato de planta da Mata Atlântica está pronto para entrar no Mercado Dinorah Ereno Edição 110 abr. 2005 [[2]]