Independência (lógica matemática)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Broom icon.svg
As referências deste artigo necessitam de formatação (desde julho de 2015). Por favor, utilize fontes apropriadas contendo referência ao título, autor, data e fonte de publicação do trabalho para que o artigo permaneça verificável no futuro.

Na logica matemática, independência se refere a uma sentença que não pode ser provada a partir de outras sentenças.

Uma sentença σ é Independente de uma dada teoria de primeira ordem T se T nem prova nem refuta σ; isto é, é impossível provar σ a partir de T, e também é impossível provar T dado que σ é falsa. Algumas vezes, σ é dito como sendo insolúvel ou Indemonstrável a partir de T.

Uma teoria T é independente se cada axioma em T não é derivado de outros axiomas restantes em T. Um conjunto de axiomas independentes é dito como sistema axiomático independente.

Nota[editar | editar código-fonte]

Alguns autores dizem que σ é independente de T se T simplesmente não prova σ, e não necessariamente afirma que T não pode refutar σ. Estes autores irão dizer que "σ é independente e consistente com T" para indicar que T  pode nem provar nem refutar σ.

Resultados da independência na teoria dos conjuntos[editar | editar código-fonte]

Muitas declarações interessantes na teoria dos conjuntos são independentes de Zermelo-Fraenkel teoria dos conjuntos (ZF). As seguintes afirmações da teoria dos conjuntos são conhecidas por serem independentes de ZF, garantindo que ZF é consistente:

À seguir afirmações (que ninguém provou como falsas) não podem ser provadas nos ZFC por ser independente dos ZFC, mesmo se adicionarmos como hipótese que ZFC é consistente. De qualquer forma, eles não podem provar na ZFC (supondo que ZFC é consistente), e alguns teóricos trabalham esperando achar a refutação deles nos ZFC.

As seguintes afirmações são inconsistentes com o axioma da escolha, e portanto com ZFC. De qualquer forma eles são provavelmente independentes de ZF, em uma correspondência voltada para cima: Eles não podem provar em ZF, e alguns teóricos trabalham esperando achar uma refutação em ZF. Contudo ZF não pode provar que eles são indepentendes de ZF, mesmo adicionando a hipótese que ZF é consistente.

  • O Axioma da determinação
  • O axioma da real determinação
  • AD+

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências bibliográficas[editar | editar código-fonte]