J. Philippe Rushton

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
J. Philippe Rushton
Nascimento 3 de dezembro de 1943
Bournemouth
Morte 2 de outubro de 2012
London
Cidadania Canadá
Alma mater
Ocupação psicólogo, escritor de não ficção, membro facultativo
Prêmios
Empregador Universidade de Toronto, Universidade de Western Ontario, Universidade Iorque, Universidade do Arizona, Universidade da Califórnia em Berkeley
Obras destacadas Race, Evolution, and Behavior

John Philippe Rushton (Bournemouth, 3 de dezembro de 1943 - Londres, 2 de outubro de 2012) foi um professor de psicologia na Universidade de Western Ontario. Suas areas de pesquisa incluíram o altruismo, inteligência e diferenças raciais. Ao ir contra a corrente moderna e, portanto, promovendo soluções biológicas (não sociológicas) para a questão racial, John Rushton foi muito criticado, mas, não obstante, contava com o apoio de respeitados cientistas.

É doutorado duas vezes pela University of London e membro ativo de, entre outros, John Simon Guggenheim Foundation, do Associação Americana para o Avanço da Ciência, Behavior Genetics Association e Society for Neuroscience. Já publicou cerca de 200 artigos, sendo, de acordo com o Scientific Information, o 22º psicologo mais publicado e o 11º mais citado. A obra dele tem sido duramente criticada pela comunidade científica e qualificada como racista.

Obras[editar | editar código-fonte]

  • Knudson P. (1991), A Mirror to Nature: Reflections on Science, Scientists, and Society; Rushton on Race, Stoddart Publishing (ISBN 0773724672) pp 6, 168
  • Neubeck, Kenneth (2001). Welfare Racism. New York: Routledge. p. 11. ISBN 0415923409. Perry, Barbara (2009). Hate Crimes. New York: Praeger. p. 112. ISBN 0275995690.
  • Dobratz, Betty (2000). The White Separatist Movement in the United States. Baltimore: Johns Hopkins University Press. p. 95. ISBN 0801865379.
  • Spickard, Paul (2000). We Are a People. Philadelphia: Temple University Press. p. 16. ISBN 1566397235.
  • Banyard, Philip (2005). Ethical Issues and Guidelines in Psychology. New York: Routledge. p. 54. ISBN 0415268818.
  • Falk, Avner (2008). Anti-Semitism. New York: Praeger. p. 18. ISBN 0313353840.
  • Lemke, Thomas (2011). Biopolitics: an Advanced Introduction. City: NYU PRESS. p. 19. ISBN 081475242X.
  • Fairchild, Halford H. (1991). "Scientific Racism: The Cloak of Objectivity". Journal of Social Issues 47 (3): 101–115. doi:10.1111/j.1540-4560.1991.tb01825.x. ISSN 00224537.
  • From Student Resistance to Embracing the Sociological Imagination: Unmasking Privilege, Social Conventions, and Racism, Haddad, Angela T.; Lieberman, Leonard, Teaching Sociology, v30 n3 p328 41 Jul 2002


Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Wikiquote
O Wikiquote possui citações de ou sobre: J. Philippe Rushton


Ícone de esboço Este artigo sobre uma pessoa é um esboço relacionado ao Projeto Biografias. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.