João Paulo Sousa

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
João Paulo Sousa
Nascimento Porto
Alma mater Universidade do Porto
Ocupação escritor
Under construction icon-yellow.svg
Este artigo carece de caixa informativa ou a usada não é a mais adequada. Foi sugerido que adicionasse esta.
Ambox important.svg
Foram assinalados vários aspectos a serem melhorados nesta página ou se(c)ção:

João Paulo Sousa (Porto, 1966) é um escritor português.

Biografia[editar | editar código-fonte]

Nasceu em 1966, no Porto. Frequentou a Faculdade de Letras da sua cidade natal, tendo-se licenciado em Línguas e Literaturas Modernas. Veio depois a realizar aí o mestrado em Literatura Portuguesa Moderna e Contemporânea, com uma tese sobre o romance Nome de Guerra, do modernista José de Almada Negreiros.

Obra[editar | editar código-fonte]

Em 2001, publicou o seu primeiro romance, A Imperfeição, logo saudado pela crítica ("Da Imperfeição ou o Complexo de Babel")[1], a que se seguiram Os Enganos da Alma (2002), O Mundo Sólido (2009)[2], O Rosto de Eurídice (2016)[3] e Ninguém Espera por mim no Exílio (2018)[4], tendo os dois últimos sido editados pela Teodolito. É também autor de diversos ensaios sobre literatura e estética. Colaborou na revista Obscena, com textos críticos sobre teatro, e escreve atualmente na Caliban.

Referências

Ícone de esboço Este artigo sobre um(a) escritor(a) é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.