Juromenha

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Localização da localidade de Jorumenha (Nª. Sra. do Loreto)
Portugal Nossa Senhora do Loreto de Juromenha  
—  freguesia portuguesa extinta  —
Fortaleza de_Jeromenha
Fortaleza de_Jeromenha
Nossa Senhora do Loreto de Juromenha está localizado em: Portugal Continental
Nossa Senhora do Loreto de Juromenha
Localização de Nossa Senhora do Loreto de Juromenha em
Coordenadas 38° 44' 28" N 7° 14' 23" O
Concelho primitivo Alandroal
Concelho (s) atual (is) Alandroal
Freguesia (s) atual (is) Alandroal (Nossa Senhora da Conceição), São Brás dos Matos (Mina do Bugalho) e Juromenha
Extinção 2013
Área
 - Total 33,05 km²
População (2011)
 - Total 107
    • Densidade 3,2/km2 
Gentílico: mineiro
Orago Nossa Senhora do Loreto

Nossa Senhora do Loreto de Juromenha foi uma freguesia portuguesa do concelho do Alandroal, com 32,08 km² de área e 107 habitantes (2011). Densidade: 3,3 hab/km².


Foi sede de uma freguesia extinta (agregada), em 2013, no âmbito de uma reforma administrativa nacional, tendo sido agregada às freguesias de São Brás dos Matos (Mina do Bugalho) e Nossa Senhora da Conceição (Alandroal), para formar uma nova freguesia denominada União das Freguesias de Alandroal (Nossa Senhora da Conceição), São Brás dos Matos (Mina do Bugalho) e Juromenha.[1]

Demografia[editar | editar código-fonte]

               Evolução da População Entre 1864 e 2011                 

Evolução da  População  1864 / 2011; Variação da População  1864 / 2011;

                 Os Grupos Etários Em 2001 e 2011                   

A População em 2001; A População em 2011;

Geografia[editar | editar código-fonte]

Localizada na extremidade nordeste do concelho, a freguesia de Juromenha tem por vizinhos as localidades de São Brás dos Matos (Mina do Bugalho) a sul e oeste, os municípios de Vila Viçosa a noroeste, Elvas a norte e o Território de Olivença a sueste.

História[editar | editar código-fonte]

Juromenha foi sede de concelho, extinto em 1836, sendo que dele faziam parte as freguesias de Juromenha, São Brás dos Matos e Vila Real, (esta última, desde 1801, de jure mas não de facto).. (situada para lá do Guadiana, é administrada por Espanha, integrando o município de Olivença).

O concelho de Juromenha tinha, em 1801, 823 habitantes.

São antigas as origens de Juromenha, que ocupou a honrosa função de sentinela do rio Guadiana, que corre a seus pés.

Foi conquistada aos mouros (então com o nome de Julumaniya, que por uma leitura imprópria do árabe foi transcrita por alguns historiadores como Chelmena) por D.Afonso Henriques, em 1167. Entrou depois nos domínios da Ordem de Avis, a quem foi doada pelo rei D.Sancho I. Nela decorreram alguns episódios importantes durante as guerras da Restauração (século XVII) e Peninsular (século XIX). Fez parte da diocese de Elvas até 1882, data em que a mesma foi extinta.

Após a sua anexação no concelho do Alandroal, Juromenha iniciou um processo de declínio, acentuado na década de 1920, quando a população abandonou totalmente o espaço intramuros, desenvolvendo-se o arrabalde em torno da ermida de Santo António, que é hoje o núcleo fundamental da vila.

Personalidades[editar | editar código-fonte]

António Gomes Freire de Andrade, nasceu em Juromenha em 1685 e faleceu no Rio de Janeiro em 1 de Janeiro de 1763; foi um nobre militar e administrador colonial português; primeiro conde de Bobadela (concelho de Oliveira do Hospital) por carta de 20 de Dezembro de 1758.

Património[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. Diário da República, 1.ª Série, n.º 19, Lei n.º 11-A/2013 de 28 de janeiro (Reorganização administrativa do território das freguesias). Acedido a 2 de fevereiro de 2013.