A montante e a jusante (hidráulica)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
(Redirecionado de Jusante)

Em hidráulica, tudo o que está abaixo de um dado ponto de referência, ao longo de um curso d'água, até a sua foz, diz-se que se situa a jusante (rio abaixo), enquanto tudo que se situa acima do ponto de referência, diz-se que está a montante (rio acima) desse mesmo ponto. "A jusante" significa no sentido em que flui um curso de água, ou seja, em direção à foz, ao fim. Também pode significar 'em direção à parte onde vaza a maré'; "a montante" significa no sentido contrário ao que corre um fluxo de água, ou seja, em direção à nascente, ao início.[1]

Jusante é todo ponto referencial ou seção de rio compreendido entre o observador e a foz de um curso d’água — ou seja, rio-abaixo, em relação ao observador. Também significa a vazante de mar [2] Oriundo do latim jusum, é um substantivo feminino que também significa "para o lado da foz". Em francês a tradução da palavra é aval, em contraposição à palavra amont (montante). Dado um ponto qualquer, num curso d'água, este passa a ser dividido em duas partes: a parte a montante, de onde vêm as águas, e a parte a jusante, para onde estão indo as águas.

Exemplos[editar | editar código-fonte]

No Rio Grande, em Minas Gerais, a barragem de Furnas situa-se a montante da Usina Hidrelétrica Mascarenhas de Morais, enquanto a Usina de Itaipu, já no rio Paraná, encontra-se a jusante das outras duas barragens.

Na fábula de Esopo O Lobo e o Cordeiro, a afirmação do lobo de que o cordeiro estaria sujando sua água é falsa porque este estava bebendo água a jusante do lobo:

(...) Senhor – falou o Carneiro – encareço à Vossa Alteza que me desculpeis, mas acho que vos enganais: bebendo, quase dez braças abaixo de vós, nesta correnteza, não posso sujar-vos a água (...)

A previsão de captação de água do Rio São Francisco, no projeto de transposição, será a 900 quilômetros de sua foz, a jusante, portanto, da maior parte de sua bacia hidrográfica, que tem a montante, 2 400 quilômetros de extensão.[carece de fontes?]

Eletrotécnica[editar | editar código-fonte]

Estes termos são muito empregados em diversas áreas das ciências, e inclusive nas exatas[3].

Analisando o curso de um rio: a nascente (início) está a montante, e a foz (o fim), a jusante. Analogamente, para eletricidade:

  • um componente estar a montante significa que ele está antes do outro, no sentido de estar mais próximo da fonte de energia.
  • um componente estar a jusante significa que ele está depois do outro, no sentido de estar mais perto da carga final.

Exemplos de aplicação das locuções 'a montante' e 'a jusante':

  1. Numa residência, o transformador da rua está a montante de toda a instalação da casa.
  2. Os disjuntores estão a montante dos transformadores de poste.
  3. Os disjuntores terminais dos circuitos de iluminação de um painel estão todos a jusante do disjuntor geral do mesmo painel.
  4. Um disjuntor protege a fiação a jusante dele (quando corretamente especificado).
  5. As cargas estão sempre a jusante do transformador e quadro de alimentação.

Controle[editar | editar código-fonte]

Pode-se usar as palavras montante e jusante para definir a realimentação, na qual:

  • Um componente a montante está na entrada do processo.
  • Um componente a jusante está na saída do processo.

Então, uma definição de realimentação seria: é o procedimento pelo qual uma informação disponível a jusante, num dado processo, é utilizada a montante.

Referências

  1. Dicionário Houaiss: 'montante' (loc.) e jusante (loc.)
  2. Boteco. Outubro2011
  3. Carlos Matheus (2008). «Hidráulica»