Kamal

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

Kamal é um nome árabe que significa o "perfeito", a "essência dos extremos", o "equilíbrio", a "paz".

Era também o nome dado a um instrumento de navegação usados primariamente por navegadores chineses e árabes do Oceano Índico, entre o século XVIII e o século XIX. É um instrumento capaz de determinar a latitude de uma dada região.

O kamal, ou tábuas- da- índia, referido por João de Lisboa servia para marcar a altura a que era observada a Estrela Polar no porto do destino, através de um nó marcado num cordel que estava ligado a um quadrado ou rectângulo de madeira. Estendido este à distância de um braço do piloto, devia-se por um dos bordos do quadrado ou rectângulo observar o horizonte e pelo outro visar a estrela. Todas as noites o piloto teria de conduzir o navio ao paralelo em que o observador coincidisse com uma derrota leste-oeste ou vice-versa, com o objectivo de se fazer uma navegação directa ao lugar que se pretendia atingir.

Este instrumento esteve em uso no Oceano Índico até ao século XIX. Prinzep encontrou e fez uma descrição minuciosa que Gabriel Ferrand transcreveu em 1922.Vasco da Gama trouxe um kamal para Portugal. Este instrumento foi usado com insucesso na viagem de Pedro Álvares Cabral.

Ícone de esboço Este artigo sobre astronomia é um esboço relacionado ao Projeto Astronomia. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.