Lederhosen

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Wikitext.svg
Esta página ou seção precisa ser wikificada (desde janeiro de 2014).
Por favor ajude a formatar esta página de acordo com as diretrizes estabelecidas.
Text document with red question mark.svg
Este artigo ou secção contém fontes no fim do texto, mas que não são citadas no corpo do artigo, o que compromete a confiabilidade das informações (desde janeiro de 2014). Ajude a melhorar este artigo inserindo fontes.
Garotos alemães vestidos com lederhosen.

Lederhosen (em alemão para calças de couro; no singular: Lederhose) são calças feitas de couro, que podem ser curtas ou na altura do joelho. A palavra lederhosen é frequentemente mal pronunciada leiderhosen (literalmente, "infelizmente-calças") ou liederhosen ("canções-calças").

Origem[editar | editar código-fonte]

O lederhosen é parte do traje típico da Baviera, Salzburgo e do Tirol. Os lederhosen são geralmente feitos com peles de cabra ou bezerro, mas os modelos mais apreciados também são criados com peles de veado ou camurça. Há três modelos distintos: A kurze Lederhose (termina acima do joelho, e é predominantemente utilizado pelas crianças), o Kniebundlederhose (termina abaixo do joelho e é o modelo mais popular) e o Lange Lederhose (longa até o tornozelo). Tradicionalmente as calças de couro (lederhosen) eram a vestimenta utilizada em caça e pelos camponeses, já que são fáceis de limpar e por tanto práticas para o trabalho no campo e também eram usadas pela população alpina na Alemanha, Áustria, Suíça e em algumas regiões do norte da Itália como Trentino-Alto Adige. A cor tradicional do lederhose bávaro é escura (preta) ou marrom. As de couro marrom são adornados com detalhes brancos e os escuros (pretas) com detalhes verdes.

Outros Modelos[editar | editar código-fonte]

Sepplhose é uma calça curta de couro gris, que se usava muito até no ano de 1945 pelos jovens e crianças. Hoje em dia é usado pelas crianças exploradoras na Áustria e Bavária.

Ausseer são os lederhosen com detalhes verdes feitos a mão, da região austríaca de Ausseerland. São feitos de couro de Camurça e Cervo.

Historia[editar | editar código-fonte]

O Lederhose não foi esquecido graças à corte imperial Austríaca durante o reinado do imperador Francisco José I, e ao rei Maximiliano II da Baviera, ambos impulsionaram o uso dos trajes típicos e em especial dos lederhosen.

Os Lederhosen são atualmente utilizados em ocasiões especiais como o Biergarten, o Zeltfest, Oktoberfest, mas também em cerimônias e casamentos. O uso da peça na cultura da Baviera é comparável com a do kilt na Escócia e ao chapéu de Cowboy nos Estados Unidos. Em alguns casos, eles também fazem parte do uniforme de alguns grupos de Escotismo.

Controversas[editar | editar código-fonte]

O couturiere Parisienne declarou que o lederhosen não eram originalmente apenas parte da tradição da Baviera, mas na realidade eles eram usados por toda a Europa, especialmente por cavaleiros, caçadores e agricultores. Em qualquer caso, a associação de Lederhosen com os povos germânicos já existia no século XVIII na França desde aquelas calças particulares que eram conhecidas como "bavaras".

Referências

Ligações externas[editar | editar código-fonte]