Line Printer Daemon protocol

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Question book-4.svg
Esta página ou secção cita fontes confiáveis e independentes, mas que não cobrem todo o conteúdo, o que compromete a verificabilidade (desde fevereiro de 2015). Por favor, insira mais referências no texto. Material sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)

O Line Printer Daemon protocol/Line Printer Remote protocol (ou LPD, LPR) é um protocolo de rede para submissão de trabalhos de impressão para uma impressora remota. A implementação original do LDP foi no sistema de impressão da Berkeley no sistema operacional Unix BSD. O projeto LPRng também suporta este protocolo. O Common Unix Printing System (ou CUPS), que é mais comum em distribuições modernas do Linux e também encontrado no Mac OS X, suporta o LDP bem como o Internet Printing Protocol (IPP). Soluções comerciais estão disponíveis que também influenciam componentes do protocolo de impressão da Berkeley, onde funcionalidades e desempenhos mais robustos são necessárias que as disponíveis do LPR/LPD (ou CUPS) isolado (como pode ser requerido em ambientes corporativos grandes). A Especificação do Protocolo LDP está documentada no RFC1179.[1]

Uso[editar | editar código-fonte]

Um servidor para o protocolo LPD ouve por requisições na porta TCP 515. Uma requisição começa com um byte contendo o código de requisição, seguido pelos argumentos da requisição, e é terminado por um caractere ASCII LF.

Uma impressora LPD é identificada pelo endereço IP da máquina servidora e pelo nome de fila naquela máquina. Muitos nomes de fila diferentes existem em um servidor LPD, com cada fila tendo configurações únicas. Observe que o nome de fila LPD é sensível a caixa. Algumas implementações modernas de LPD em impressoras de rede podem ignorar a caixa ou nome de fila completo e enviar todos os trabalhos à mesma impressora. Outras possuem a opção de criar automaticamente uma nova fila quando um trabalho de impressão com um novo nome de fila é recebido. Isto ajuda a simplificar a configuração do servidor LPD. Algumas empresas (por exemplo D-Link no modelo DP-301P+) possuem uma tradição de chamar o nome de fila de "lpt1" ou "LPT1".

Uma impressora que suporte LPD/LPR é algumas vezes referida como uma "impressora TCP/IP" (TCP/IP é usado para estabelecer conexões entre impressoras e clientes em uma rede), apesar que este termo seja igualmente aplicável a uma impressora que suporta o Internet Printing Protocol.

Referências

  1. RFC1179 Line Printer Daemon Protocol, August 1990, edited by L. McLaughlin III.
Ícone de esboço Este artigo sobre redes de computadores é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.