Lipase

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

A Lipase é uma enzima que catalisa a hidrólise dos ésteres de glicerol de ácidos graxos de cadeia longa (triglicerídeos) em presença de sais biliares e um cofator chamado colipase. As ligações éster nos átomos de carbono 1 e 3 são preferentemente rompidas, produzindo 2 mol de ácidos graxos de cadeia longa e 1 mol de 2-acilmoglicerídeo por mol de triglicerídeo hidrolisado. Tanto a lipase como a colipase são sintetizadas pelas células acinares do pâncreas. A lipase também é encontrada na mucosa intestinal, nos leucócitos, nas células do tecido adiposo, na língua e no leite.

A medida da atividade da lipase no soro, no plasma e nos líquidos ascítico e pleural é usada para diagnóstico de distúrbios pancreáticos, geralmente pancreatite aguda. Os níveis de lipase são normais caso haja envolvimento de glândulas salivares. A hiperlipasemia pode indicar complicações na pancreatite aguda, pancreatite crônica, distúrbios intra-abdominais agudos, obstrução do ducto pancreático e redução da filtração glomerular.

Uso Industrial[editar | editar código-fonte]

Algumas lipases são adicionadas durante o processo da fabricação do sabão em pó, com o intuito de se retirar manchas de gordura das roupas e objetos.

Lipases também são utilizadas no tratamento de efluentes industriais com alta carga orgânica, como os efluentes de laticínios e aviários.

Ícone de esboço Este artigo sobre enzimas é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.