Lixívia

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Embalagem comercial de lixívia

A lixívia, água sanitária (Brasil) ou barrela é um composto químico para limpeza e desinfecção de superfícies, cujo produto activo, o hipoclorito de sódio, é um sal obtido da neutralização entre o ácido hipocloroso e o hidróxido de sódio, e tem a fórmula química NaClO. É muito utilizada como agente clareador (alvejante) e possui excelente ação bactericida. Dissolve substâncias orgânicas mortas. Também é reativa com componentes à base de amoníaco.

No Brasil, é popularmente chamada de "cândida" em São Paulo, "candura" e "Q-boa" em Minas Gerais, "Q-Boa" no Centro-Oeste e Nordeste, e "clorofina" no extremo sul do país, nomes que derivam de marcas populares do produto. No Rio de Janeiro e Espírito Santo, é denominada "água sanitária" ou "alvejante" (embora tenham pouco diferenças quanto ao perfume).

No passado, possuía vários usos, principalmente aquecimento com gorduras para produção de sabão, tendo sido substituída por produtos industriais, como o hidróxido de sódio, a barrilha e o bicarbonato de sódio.

É utilizada geralmente como uma mistura de hipoclorito de sódio e água (na proporção de 2% a 2,5% de hipoclorito de sódio), sendo considerada uma solução aquosa.

Ver também[editar | editar código-fonte]

Na odontologia, é usada para tratamento de canal, na proporção de 1 a 5 por cento.

Ícone de esboço Este artigo sobre um composto inorgânico é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.