Love Don't Cost a Thing

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Disambig grey.svg Nota: Se procura a canção de Jennifer Lopez, veja Love Don't Cost a Thing (canção).
Love Don't Cost a Thing
Amor de Aluguel (BR)
poster promocional
Estados Unidos
2003 •  cor •  100 min 
Direção Troy Bailey
Produção Andrew Kosove

Broderick Johnson
Mark Burg
Reuben Cannon

Roteiro Troy Bailey
Michael Swerdlick
Elenco Nick Cannon
Christina Milian
Steve Harvey
Gênero Comédia adolescente
Música John E. Rhone Richard Gibbs
Cinematografia Chuck Cohen
Edição David Codron
Distribuição Warner Bros.
Lançamento 12 de dezembro de 2003
Idioma Inglês
Receita $ 21.964.072[1]
Site oficial
Página no IMDb (em inglês)

Love Don't Cost a Thing (Amor de Aluguel, no Brasil) é uma comédia adolescente de 2003. Trata-se de uma refilmagem de Namorada de Aluguel, de 1987.

Sinopse[editar | editar código-fonte]

Alvin (Nick Cannon) pretende parar de ser chamado de "perdedor" no seu colégio e resolve ser uma pessoa popular. Oportunamente, ele se oferece para consertar o carro da mãe da rainha da popularidade da escola, Paris (Christina Milian), e ainda resolve lhe dar 1.500 dólares se ela aceitar fingir ser sua namorada por duas semanas.

Elenco[editar | editar código-fonte]

Bilheteria[editar | editar código-fonte]

O filme estreou em 4 lugar no raking nas bilheterias dos EUA faturando $ 6,315,311 de dólares em seu primeiro fim de semana de abertura, somente atras dos filmes Stuck on You, The Last Samurai, e Something's Gotta Give.

Produção[editar | editar código-fonte]

As cenas da escola foram filmadas na Long Beach Polytechnic High School de em Long Beach, Califórnia.

Recepção[editar | editar código-fonte]

O filme recebeu na maior parte revisões negativas, conquistando 13% no Rotten Tomatoes levando o consenso "um remake obsoleto, desnecessário de Can not Buy Me Love ". Pelo contrário, Roger Ebert , crítico de cinema do Chicago Sun-Times , deu ao filme uma avaliação positiva de três estrelas depois de dar o original, não pode comprar-me amor , apenas metade de uma estrela.[2]

Prêmios e indicações[editar | editar código-fonte]

2004 BET Comedy Awards[editar | editar código-fonte]

  • Diretor excelente para um filme Box Office - Troy Beyer (nomeado)

2004 Teen Choice Awards [editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]